Música

O primeiro dia de oficina que compõe o bloco de expressão artística foi dedicado à música corporal. Na ocasião, o oficineiro Marcelo Machado abordou a evolução da sociedade por meio da música e como ela contribuiu para a nossa identidade enquanto nação. Para tanto, os jovens foram convidados a participar de jogos percussivos e corporais e a fazer leitura crítica seguida de debate do texto “Da Tapioca ao Rock.”

A proposta do dia seguinte foi aprender a aprender música. Para tanto, o oficineiro trouxe uma reflexão sobre o potencial dessa expressão artística como ferramenta pedagógica e fonte de conhecimento. Na ocasião, também foi feito uma introdução às práticas musicais, notações musicais e oralidade cinestésica, por meio de um jogo de construção com a música “Maria põe o barco N’agua” e da leitura técnica das músicas “Mais do mesmo”, “Vevéco, Panelas e Canelas”.